Artigos e Publicações

Cuidados para preservar o relacionamento do casal quando se tornam pais

A nossa vida é repleta de fases e ciclos. Nascemos, aprendemos, crescemos, socializamos, amadurecemos, namoramos, trabalhamos, casamos, temos filhos, netos, nos aposentamos, e cada um encerra o ciclo da vida em seu tempo.

Claro que não existe uma regra para que todas as etapas sejam cumpridas e nem idades exatas. Mas pensando sobre o momento em que as pessoas se unem e trazem seus filhos ao mundo, gostaria de contribuir com algumas reflexões, principalmente para os papais e mamães de primeira viagem.

Quando o filho é planejado, desejado e esperado com ansiedade, além de todos os mimos pela sua chegada os pais podem optar por se dedicarem extremamente nos primeiros anos, planejando tudo em função dos filhos.

Os momentos de bom convívio familiar são excelentes, porém são necessários alguns cuidados para preservar também a relação do casal.

Reservar algum tempo para que o casal fique junto, converse, namore, relaxe, aproveite o momento a dois.

A maioria dos casais têm suas brincadeirinhas que ocorrem nos encontros pelo corredor, pela cozinha, no banheiro, com os pequenos passeando pela casa esse tipo de comportamento vai sendo deixado de lado. Com toda certeza devemos tomar cuidados para que os filhos não presenciem situações que deixem os pais de saia justa na hora da explicação, mas manter essas brincadeiras é um hábito saudável, que mantem o casal em sintonia, brincar traz leveza ao relacionamento.

Mesmo sendo pai e mãe, é preciso manter o lado homem e mulher. Manter a boa aparência o ar de conquista, romance e sedução, fazer agrados e elogios.

Em muitos casos o filho chega a interferir na vida sexual dos pais, quando dorme na mesma cama, ou no mesmo quarto, ou mesmo quando está começando a dormir sozinho mas necessita da companhia do pai ou da mãe. O casal tem que ter atenção a essas situações para que não haja distanciamento entre eles.

É comum que em algum momento a criança apresente ciúme da relação dos pais, o que pode causar irritação ou aborrecimento, é possível contornar explicando que papai e mamãe são namorados, que vão dar amor, carinho e brincar mas que também precisam de um tempo sozinhos.

Conversar sobre a educação dada aos filhos é um aspecto importante para evitar desentendimentos entre o casal quando houver algum desacordo neste sentido.

Assim é possível inclusive ensinar como se dá um bom relacionamento, para os filhos porem em prática mais tarde quando vierem a namorar.

Write a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A natureza proporciona equilíbrio em nossas vidas

A ideia que se tem sobre bem-estar e saúde não se resume a um único aspecto de nossas vidas. Este conceito engloba nosso …

Agora em novo endereço – Petrópolis, Cidade Imperial

O ano está quase acabando e ainda dá tempo para concretizar todo o planejamento traçado. Ao invés de programar as novidades …

Histórias de família

Você conhece as histórias da sua família? Quem te contou essas histórias? Em geral, os contadores das histórias familiares …